sábado, março 26, 2016

NADA A DECLARAR





Hoje,
nada tenho a declarar...
Porque até a brisa está calma
e dança comigo...





"NIGHT IN JULY" DORINA COSTRAS

5 comentários:

Mar Arável disse...

Que vivam os relâmpagos

nos seus olhos

Sofá Amarelo disse...

Há dias em que não há mesmo nada a declarar... se a brisa está calma pouco sobra para dizer... talvez apenas dançar...

Graça Pires disse...

E ouço daqui esse silêncio...
Um beijo, Marta.

Mariangela do lago vieira disse...

Que maravilhoso sentir!
Que sempre seja assim.
Beijos, tudo de bom!
Mariangela

Ailime disse...

Boa noite Marta,
Muito belo este poema em que o silêncio e a paz absorvem as palavras.
Bjs e bom fim de semana.