quarta-feira, setembro 14, 2016

EM PEDAÇOS




Não sei o que dizer
Quando a noite grita de dor
Pesada, penosamente
Como se, de repente,
o coração tivesse ficado vazio
e a alma feita em pedaços...





"Wind in her hair" Página Discover Art

6 comentários:

Manuel Luis disse...

Ficamos sem palavras quando essa onda nos atravessa.
Bjs

Sofá Amarelo disse...

Na verdade quando isso tudo acontece nada há a dizer... é apenas ouvir os lamentos da noite cuidando tanto quanto possível do coração e da alma...

Emília Pinto disse...

E quando chegam as saudades, daquelas doídas, o sofrimento a elas se mistura e a noite fica mais pesada a ponto do nosso coração se desfazer em pedaços. A noite, só por si, já nos deixa um pouco tristes e , em vez de ser reparadora se transforma num pesadelo com todo os momentos desagradáveis a empurrarem o sono para bem longe. Não podemos evitar essas noites, pdemos sim acreditar que a próxima será melhor. Beijinhos, Marta e fica bem
Emilia

Jaime Portela disse...

E quando a noite grita nem se consegue dormir...
Belo poema, querida amiga, gostei imenso.
Marta, tem um bom resto de semana.
Beijo.

oteudoceolhar disse...

... como entendo!
Sinto-me tal e qual assim...
Que se faça Luz...
Beijo n´oteudoceolhar *

Ailime disse...

Belo poema, Marta!
É à noite que tudo fica mais claro, mais difícil e o coração despedaça-se.
"Não sei o que dizer"!
Apenas, coragem!
Beijinhos,
Ailime