quinta-feira, maio 04, 2017

MEMÓRIAS DO MUNDO




Esta é uma crónica de palavras
De palavras submissas, medrosas…
A falar baixo na sombra do tempo
E quase esquecidas nas memórias
Nas memórias das pessoas e do Mundo...




DE LILYA CORNEL

3 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Quantas crónicas passam despercebidas... e no entanto, essas crónicas relatam vidas e memórias de pessoas que fazem o mundo...

Graça Pires disse...

Palavras que falam baixo na sobra do tempo. Que se calem todos para que se ouçam! Muito belo, Marta.
Um beijo.

Ailime disse...

Boa tarde Marta,
Estive ausente uns dias e li agora os seus últimos poemas.
Magníficos, bastante introspectivos!
Este é também muito belo e as palavras apesar de quase esquecidas, jamais se apagarão do coração da Poetisa.
Beijinhos e bom domingo.
Ailime