segunda-feira, agosto 07, 2017

AS PAIXÕES




Esta
é uma nova crónica da noite
Escrita na memória dos desejos
e das paixões...



DE SANTIAGO CARBONELL

6 comentários:

Graça Pires disse...

E a noite há-de deslumbrar-te e perturbar-te...
Gostei muito.
Uma boa semana.
Um beijo.

Agostinho disse...

São.
Deambulando na urgência da noite, são.
Bjs.

Sofá Amarelo disse...

As crónicas da noite são quase sempre relacionadas com desejos, paixões e quantas vezes segredos guardados nas memórias do tempo...

Emília Pinto disse...

É à noite, no silêncio que nos proporciona, que tudo se sente com mais intensidade, os amores, as paixões e, infelizmente também as dores. Ela serve para acalmar, descansar, mas por vezes ė doída e parece nunca mais acabar. Beijinhos, Marta! Curto, mas lindo, como sempre.
Emilia

Jaime Portela disse...

Coisas novas são (quase) sempre boas...
Bom fim de semana, querida amiga Marta.
E boas férias, se for o caso.
Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

e é à noite que a paixão impera ...

;)