segunda-feira, outubro 09, 2017

SIMPLES




Esta noite sonhei
que escreveria um poema
Um poema suave, simples…
Como uma gota de orvalho
Como o aveludado da rosa…
Mas nada hoje foi simples
e eu fiquei-me apenas com o sonho...



DA PÁGINA DISCOVER ART

4 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Os poemas suaves devem ser escritos em noites suaves e simples... mas nem sempre as coisas são tão simples como a suavidade... sobra o sonho, seja como for...

Franziska disse...

El poema fue creado en el pensamiento y, después, cuando ha de nacer tiene que hallar las palabras que le den vida. A veces, cuando se pone el listón muy alto, las palabras son pálidas sombras del sentimiento.

Sugerente y para pararse a pensar. Un abrazo. Franziska

Agostinho disse...

Entre o sonho e a realidade haverá sempre a gota que desperta.

Bj.

Ailime disse...

Magnifico poema!
É da simplicidade que emerge a poesia.
Beijinhos,
Ailime