quinta-feira, novembro 30, 2017

SOLIDÃO


Não sei
se a solidão é uma dor de alma…
Sei, apenas,
que ela existe…
E, às vezes, dói….

IMAGEM DE EVA CZAMIEKA

6 comentários:

Larissa Santos disse...

Bom dia. E como dói. Revi-me.

Hoje: [Quero ser a lua, a noite, a chama que chega]

Bjos
Feliz, Quinta-Feira

Cidália Ferreira disse...

Profundas palavras. Amei

Beijo e uma dia feliz

Sofá Amarelo disse...

"Solidão minha irmã"... é assim que reza uma canção da Helena Isabel, dos anos 70... muitas vezes é uma dor de alma, outras ... será que ela existe ou é invenção nossa?

Jaime Portela disse...

Se dói, é mesmo solidão.
Então, há que sermos boa companhia de nós próprios.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
Beijo.

Franziska disse...

Es cierto, sí. El alma puede llegar a dolor y duele mucho y deja en el cuerpo una tristeza imposible de soportar. Preciosa imagen que matiza y alegra la tristeza de los versos. Un abrazo.

© Piedade Araújo Sol disse...

Marta
a solidão pode doer e como doí.
os momentos solitários quando são escolhidos podem ser benéficos.
um poema onde as custas palavras dizem tanto sobre a solidão.
beijinhos
:)