quarta-feira, abril 25, 2018

INCOERENTES



Não, não sei…
Não sei nem posso saber
o que dizem os meus olhos…
Se estão presos nos teus
e as minhas mãos percorrem-te…
Insatisfeitas…. Incoerentes…

IMAGEM DE DORINA COSTRAS

7 comentários:

Larissa Santos disse...

Muito bom :))

Hoje, o tema é do nosso Poeta Gil, mas pela sua ausência, aqui estou eu:- Revolução - A criança, o cravo, a G-3 silenciada
.
Bjos
Votos de um bom feriado (Dia da liberdade)

Paula Cruz Roggero disse...

Bonito tu blog, y tus letras. Saludos desde cristaldeestrella.blogspot.com.
Paula

Cidália Ferreira disse...

Intenso :)!!

Beijo
Abril sempre

Jaime Portela disse...

Parabéns pelas tua belas palavras.
Gostei imenso.
Continuação de boa semana, amiga Marta.
Beijo.

Sofá Amarelo disse...

Quando os olhos estão presos noutros olhos é bom que as mãos estejam insatisfeitas e primem pela incoerência... só assim faz sentido...

Graça Pires disse...

Mas não é preciso coerência para o amor, pois não, minha Amiga Marta? Sempre reflexiva e a deixar-me a pensar...
Uma boa semana.
Um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

o amor é assim

mãos insatisfeitas e incoerentes

só assim é amor

;)