terça-feira, junho 26, 2018

INGRATAS



Pouco importa
que as palavras sejam ingratas…
Eu não o sou!!!
Mesmo que haja
dias em que elas
(as palavras)
fujam de mim…


IMAGEM DE DORINA COSTRAS

6 comentários:

Larissa Santos disse...

Existem dias assim:))

O meu olhar triste, reflecte no coração

Bjos
Votos de um óptima Terça-Feira

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Marta!
Para muitos de nós as palavras fogem para nos ensinar que são livres...
Suas postagens são reflexivas e gosto muito.
Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Cidália Ferreira disse...

Sim, por vezes as palavras são ingratas! Amei!

Beijos de boa noite!

Sofá Amarelo disse...

Palavras podem ser ingratas, as quem as profere não... é tudo uma questão de saber se elas (as palavras) fogem ou não...

Emília Pinto disse...

Não nos consideramos ingratos, mas por vezes as palavras que nos saem sem reflectirmos dão a ideia de que o somos; por isso se diz que as palavras são perigosas...depois de ditas nāo voltam a trás. Um beijinho, Marta e que consigas sempre superar a ingratidão que tantas vezes sofremos.
Emilia

Ailime disse...

Lindo poema, Marta!
Há momentos em que as palavras se evadem e o silêncio toma conta de nós.
Um beijinho.
Ailime