terça-feira, junho 12, 2018

MENTIRA



Quero falar de ti…
Dizer como o Vento
gosta de ti e me deixa aqui...
Na sombra...à deriva...
Mas nem vou perguntar porquê…
Pois sei que mentiria…
E aí sofreria muito mais...


IMAGEM DE DORINA COSTRAS

7 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Excelente! Amei!!

Beijo e uma excelente semana

Larissa Santos disse...

...Intenso:))

Hoje: -Careço das tuas palavras de conforto .

Bjos
Votos de uma óptima Terça-Feira

Ailime disse...

Boa tarde Marta,
Um poema lindo e muito introspectivo.
Gostei imenso.
Beijinhos e boa semana.
Ailime

Deia disse...

Bonitas palavras. É bom ler estas coisas que despertam em nós tantas emoções

Daniela disse...

Sempre bom ler as suas palavras!
Feliz feriado
=))

Bjinhos

Emília Pinto disse...

E nos poemas que tentamos escrever todos os dias, claro que há muitos sonhos, fantasias, mas também duras realidades e uma delas é que muitas vezes mentimos a nós mesmos para que a decepção não seja tão grandes. Os teus poemas são pequeninos, mas profundos. Quisera eu conseguir fazer um simples verso!!?. Beijinhos, amiga e boa noite.
Emilia

Sofá Amarelo disse...

Há situações em que não se deve questionar nada... deve-se apenas deixar que as palavras se soltem ao vento por entre as sombras...