terça-feira, setembro 17, 2019

SIMPLESMENTE


O que se descobre
na madrugada?...
O começo de tudo…
Ou simplesmente...
A paixão dos Sentidos….


IMAGEM DE TULLIUS HEUER

10 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de paz, querida amiga Marta!
Na madrugada, descobrimos nossos mais perfeitos desejos da alma.
Corpo cansado deixa prevalecer o que realmente importa
Muito lindo sempre tudo aqui!
Tenha dias abencoados e felizes!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Gil António disse...

Olá:- Se calhar é mesmo...o início de tudo.
.
** Amar-te até adormecer **
.
Votos de um dia feliz

Cidália Ferreira disse...

AMEI!

Beijos e um dia feliz!

Ailime disse...

Bom dia Marta,
Magnífico poema!
Quando o dia nasce tudo tem brilho e faz sentido.
É a vida a palpitar.
Beijinhos e uma boa semana.
Ailime

Minas cap disse...

Achei este conteúdo interessante e compartilhei em meu facebook.
Resultado Vida cap

Franziska disse...

Ha sido un inmenso placer pasar hoy de nuevo a leer tu poema. La conclusión es importante porque del futuro lo ignoramos siempre todo. Me gustó.
Un abrazo.

Majo Dutra disse...

As madrugadas incentivam a todas as mudanças possíveis.
Muito bom.
Beijinho
~~~~

Luz... disse...

Nas madrugadas se perpetuam sonhos e realizações, inícios e perpetuações de sentimentos indizíveis... A madrugada é muito bela. Belíssimo poema! Beijo

Sofá Amarelo disse...

E não será na verdade a Paixão dos sentidos o começo de tudo?...

© Piedade Araújo Sol disse...

+e nas madrugadas que se pode sonhar sem reservas

gostei!

:)