quarta-feira, janeiro 15, 2020

DIAS COMO ESTE


Em dias como este…
Em que nada é brilhante
ou mesmo perfeito…
Liberto-me 
nas minhas memórias de ti….
No teu cheiro,
nas tuas mãos,
no teu sorriso 
a beijar o meu corpo….
E, assim,
tudo volta a ser perfeito….

IMAGEM DE VITOR BAUER

8 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Adorei!
-
Cansada de estar cansada...
Beijo e uma excelente tarde!

Jaime Portela disse...

E a perfeição é importante...
Magnífico poema, gostei imenso.
Marta, continuação de boa semana.
Beijo.

Majo Dutra disse...

Pura beleza, num poema perfeito...

Beijos
~~~

Ailime disse...

Boa noite Marta,
Um poema belíssimo.
Momentos perfeitos que fazem bem à alma.
Beijinhos e obrigada pela visita.
Ailime
(Tenho andado com menos tempo disponível para as minhas visitas habituais).

Maria Rodrigues disse...

Belíssimo poema.
Quando o amor esta presente no coração, torna tudo perfeito.
Beijinhos

Majo Dutra disse...

Venho agradecer o testemunho que deixou
no Refúgio dos Poetas.
Grande Abraço.
~~~~

Sofá Amarelo disse...

A realidade muitas vezes não é perfeita... mas há sempre as memórias, essas sim, perfeitas quando recordam os cheiros, os sorriosos, os corpos...

Agostinho disse...

E, se perfeito, brilhante.
Ao toque do amor tudo brilha
até o medonho negro da noite se desfaz.
Bonito é.
Beijo.