quarta-feira, setembro 27, 2006

NUNCA ESTIVESTE

A última vez que te vi
Eu adormeci.
Fechei os olhos
E a última imagem
Que eu recordei
Como uma paisagem
Foi a tua.
Por um momento, cheguei mesmo a confundir-te com a Lua
Alguém de António Manuel dos Santos Fernandes

O meu comentário??
Nunca te confundi com a Lua ou com o Sol.
Viajei no auge da paixão até eles,
mas sempre com um olho na Terra..
Onde pensei que estavas à minha espera e
.....agora sei que nunca estiveste.............

1 comentário:

Jofre Alves disse...

Visito esta página e fiquei agradado pela sua estética finíssima e apreciável, onde tudo se vê com agrado pela qualidade e perfume. Para revistar sempre e mais vezes no futuro. Parabéns.