quinta-feira, fevereiro 08, 2007

DIVINA

....
Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.
.....
Serenata de Cecília Meireles
O meu comentário???
Não sei se a dor é de "origem divina".......
Doí apenas....
Rasga, dilacera, bloqueia o coração.......
Perdemos a luz, e mesmo o silêncio incomoda-nos.........
Luto - precisamos realmente de ficar em silêncio e nele encontrar
as respostas às perguntas
que temos forçosamente que enfrentar.................

5 comentários:

Entre linhas... disse...

O silêncio é um sinónimo do tempo,engarrega-se de nos dar certas respostas...

Bom fim de semana amiga.

Jinhus Zita


Ps.Ja te linkei

Jofre Alves disse...

Marta: tanta sensibilidade, tanta intensidade nesta veia poética que se lê e interioriza com agrado pela singeleza da mensagem, mas as resposta não são fáceis hoje. Óptimo fim-de-semana.

A vida da pipoka disse...

bem pelo que li neste teu blog, gostas muito de ler!
acabei de chegar da tua outra 'casa', onde tambem me espantei!
espero que me permitas mais vezes visitar o teu blog!
sou uma 'amiga', da professora!
um beijinhos
pipoca

A vida da pipoka disse...

gostei muito do teu miminho para comigo!
aqui fica o meu e-mail: amoteparasempre_23@hotmail.com
para podermos falar um cadinho se quizeres claro!
um beijinho fofo e obg pela alegria que me deste!
=)
pipoca

* White Roses Princess* disse...

adorei esse poema...está simples e muito bonito...aquele "permite-me que emudeça" está lindo...apetecia m dixer isso tantas vezes..*************



*White Roses Princess*