quinta-feira, dezembro 25, 2008

INCONDICIONAL




Como te amo? Deixa-me contar de quantas maneiras.
Amo-te até ao mais fundo, ao mais amplo
e ao mais alto que a minha alma pode alcançar
buscando, para além do visível dos limites
do Ser e da Graça ideal.
Amo-te até às mais ínfimas necessidades de todos
os dias à luz do sol e à luz das velas.
Amo-te com liberdade, enquanto os homens lutam
pela Justiça;
Amo-te com pureza, enquanto se afastam da lisonja.
Amo-te com a paixão das minhas velhas mágoas
e com a fé da minha infância.
Amo-te com um amor que me parecia perdido - quando
perdi os meus santos - amo-te com o fôlego, os
sorrisos, as lágrimas de toda a minha vida!
E, se Deus quiser, amar-te-ei melhor depois da morte.

de Elizabeth Barrett Browning



Poema enviado por Álvaro Gonçalves do blog Perfil


O meu comentário????

Porque me inspiras....

Chamas por mim com a força que pensava ser exclusiva do Sol...

Nessas noites de chuva grossa...

Com olhares sedutores...

Com a lareira acesa...

As chamas, cúmplices desse amor total...

Que renasce.....
renova-se....
todas as vezes que me sorris...

Porque me amas com alma...

A mesma alma que se uniu à minha....

E me libertou....
Incondicionalmente.......





7 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo poema de Pablo Neruda...Excelente comentário...
Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Querida Marta, belo poema, mas o teu comentario está magnífico...Continuação de BOAS FESTAS... Um abraço de carinho,
Fernandinha

daniel milagre disse...

Marta

O poema de Elisabete Barrett, parece-me muito bom. O teu comentário, como sempre, prima por também prender a atenção do leitor.
Beijo,
Daniel

Bill Stein Husenbar disse...

Boas Festas.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

PROMISCIOUS disse...

Lindo sem duvida . beijo

Feliz ano novo

AnaMar (pseudónimo) disse...

Bela forma de amar... E de o dizer.
Bj

Alvaro Gonçalves disse...

Meu anjo amei, está simplesmente divino, a tua conclusão, a interpretação tão simples, nada realmente como amar incondicionalmente, amar seja o que for, simplesmente amar.
Viver é amar, senão amarmos jamais saberemos o que é viver.
Obrigado sempre pelo carinho.
Beijooooooooooooooos