sexta-feira, agosto 27, 2010

AMADO

Sei agora
que a paixão
é azul e coroada
como o sangue e a cabeça
das rainhas. Que tem
nome de flor
e é impar. Porque,
se o não fosse,
não seria paixão

"Flor da Paixão" de Albano Martins in "Castália e outros Poemas"

O meu comentário???
Não seria ardente..
Não seria intenso..
E é para ser sentida
intensamente...
Deixar-nos nas nuvens...
Num jardim secreto...
Em que respiramos
 livremente
e sonhamos
acordadas....
Com o nosso corpo
ofegante,
relaxado,
amado....


4 comentários:

Machado de Carlos disse...

Penso que o amor é mais profundo. Flores são detalhes importantes que fazem parte, assim como beijos! Mas o sentimento amor vai mais longe e nunca termina!

Beijos!...

AFRICA EM POESIA disse...

Lindo poema
Um beijo
LÁGRIMA




Lágrima marota
Cai no meu rosto
E vai rolando...
De mansinho...
Por toda a cara...
Vai saboreando...
E vai deixando
Um pouco de água
Um pouco de sal...


Sal de amargura...
Mas que é necessário...
E, assim vou ficando
Com o rosto mais doce...
Com o rosto molhado
E vou sentindo...
Lágrima marota.
O teu rolar...
E vou gostando...
Que te sirvas de mim
Para te acostares...
E quando quiseres
Podes voltar!...


LILI LARANJO

Graça Pires disse...

A paixão é impar..., diz o poeta Albano Martins. É ardente e intensa...,dizes tu. É a alma côncava a todos os fascínios, digo eu.
Um beijo, Marta

Daniel Costa disse...

Marta

O azul é n
mesmo a cor da paixão, do resultou um sentir de emoção. A um bonito poema, sucedeu outro.
Beijos