quinta-feira, novembro 04, 2010

NA BELEZA DOS SONHOS

A beleza do fogo no teu peito
Emite tanta luz!...Mas o ardor
Não pode ser mais belo, meu amor
Que o fogo deste amor puro, perfeito!

Venham dos céus tormentas, venha dor,
E o sorriso teu, esse teu jeito,
Num átimo, terão tudo desfeito
E brilharás, de novo, em teu fulgor!

Nem mesmo a luz do Sol, vivo e ardente,
Duvidará, jamais, de que és a rainha
Deste sonho em que vivo dependente...

Acordo com a dor, minha madrinha
Nesta vida real e, lentamente
Adormeço...e, no sonho, sim!...És minha!!!

"Amor Utópico" de Carlos Fragata


O meu comentário???
Há sonhos em que somos reis....
Outros, vagabundos....
Banquetes fartos nuns,
fome e sede noutros..
O que significa um?
O que diz o outro?
Que tudo muda;
ficamos à mercê da sorte.
E, não será a sorte,
essa utopia de que falas?
Porque nos sonhos,
em que descansamos,
somos os reis
e os vagabundos.
Aqui,
nem sempre sabemos
o que somos...



5 comentários:

Carlos Fragata disse...

O comentário está excelente!... Óptima "réplica"! ;)

Otília Sousa disse...

É isso o amor sem obstáculos não é amor!

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Acho engraçado e curioso osteus comentários aos poemas que te enviam ... eu não faria melhor. loool

AFRICA EM POESIA disse...

MARTA

Nesta noite fria...


Um bejo

Lenita Nabais disse...

O poema está maravilhoso, o Carlos é um grande poeta. A Marta também! Bjs para os dois:)