sexta-feira, agosto 19, 2011

CALOR HUMANO

Quero-te para além das coisas justas


Quero-te para além das coisas justas

e dos dias cheios de grandeza.

A dor não tem significado quando ma roubam as árvores,

as ágatas, as águas.

O meu sol vem de dentro do teu corpo,

a tua voz respira a minha voz.

De quem são os ídolos, as culpas, as vírgulas

dos beijos? Discuto esta noite

apenas o pudor de preferir-te

entre as coisas vivas.

de Joaquim Pessoa

O meu comentário????
Amar-te simplesmente...
Por esse facto....
Que não exige explicações....
Muito menos discussões
pela noite dentro....
Em que és meu....
Total,
completamente....
Acordada, a dormir,
mas sinto-te no meu corpo....
Quero que me olhes....
Que me descrevas,
vezes sem conta
no teu olhar....
E saibas que
quem está nos teus braços....
Não é apenas uma coisa viva....
É puro calor humano....

6 comentários:

Álvaro Lins disse...

Estás em maré de Joaquim e Pessoa e muito bem!.)!
"E saibas que quem está nos teus braços....
Não é apenas uma coisa viva....
É puro calor humano...."
Está tudo dito de forma sublime!
Parabéns!
Abraço

Paixão Lima disse...

O ser humano produz calor e pode transmiti-lo.
Infelizmente, calor humano é o que tem vindo a faltar nos tempos que correm.
Ao ler os dois poemas expostos sinto-me mais quente, mais confortado e mais feliz...
Porque o calor humano é abrangente...

Sofá Amarelo disse...

Só entre as coisas vivas faz sentido, e o calor humano não vem do Sol mas de dentro do corpo...

Je Vois la Vie en Vert disse...

Não se consegue viver sem calor humano ou então vive-se uma vida oca !
Beijinhos, minha cara amiga
Verdinha

Evanir disse...

Carinhosamente desejo a você
um feliz final de semana.
Creia você é muito importante para mim
e lembre sempre.
Deus não é nada do que você
possa imaginar,ele é tudo que
você pode amar sem medo.
Bjs no seu coração,Evanir.
Levando um pouco de você.
E deixando um poco de Mim.

tecas disse...

Querida Marta, aos dois nota 20!
O calor humano é tão necessário como o pão para a boca. Infelizmente... os dois andam um pouco escassos.
Bjito amigo e uma flor.