sábado, agosto 13, 2011

LAMENTOS

E só agora
tu e eu sabemos
da urgência
do amor.

Polido,
sem fissuras

de Eduardo Pitta

O meu comentário???

E porquê só agora?
Porque não antes???
Mas o que era o "antes"?
Não importa saber....
Temos que viver o amor...
Urgentemente....
Porque amanhã
podemos não estar cá....
E ficamos apenas
com os lamentos....
Com uma culpa pesada
que nunca se separa de nós.....

4 comentários:

Álvaro Lins disse...

Excelente escolha como sempre, com o comentário a condizer! Mas...no amor não há culpas:)!
Ou não devia haver!
Bjo

。♥ Smareis ♥。 disse...

Lindo e gostoso de ler. Porque esperar o amanhã? viva o amor ainda hoje... assim não haverá lamentos amanhã.

Desejo um ótimo final de semana cheio de muitas coisas abençoadas e muito feliz.
Beijos !
Smareis

Paixão Lima disse...

Amar é dar e receber, pelo que não há culpados nem inocentes. O amor não é um pecado, mas uma bênção. E não há um tempo determinado para amar.
Simplesmente, o amor acontece...

Daniel Costa disse...

Marta

Para amar não há hora, como bem escreveste, "amanhã podemos não estar cá".
Beijos