segunda-feira, março 19, 2012

DIGNA

Afasto-me majestosamente de cena
Gostava de ficar
Apreciar as cores e o momento
Mas não sou bem-vinda


Já não estou em palco
Já disse a minha última "deixa"
A noite entra triunfante
Tenho que partir


Não sei para onde
Também não interessa
Sei que voltarei
Sempre majestosa e digna
Mas não serei esta


FOTO DE AUTORIA JOSÉ ALEX GANDUM

5 comentários:

Mar Arável disse...

Aguardo na minha escarpa

Daniel Costa disse...

Marta

Acima de tudo, a dignidade da poetisa. Deixou dito que voltará.
Beijos

Evanir disse...

Parabéns para nos que tanto carinho temos pelas nossas amizades
quantos vezes mesmo cansados procuramos de alguma forma acarinhar
nossos amigos(AS).
Na verdade ao longo do tempo fez nossa amizade crescer
hoje somos como irmãos .
Uma verdadeira nação de blogueiros unidos no amor.
Um beijo carinhoso pelo nosso dia.
Que muitos anos possamos comerar cada vez mais unido essa Dia.
Carinhos meus.Evanir..

Evanir disse...

O Poeta é um fingidor,
finge tão completamente que chega a
fingir que é dor a dor que deveras sente .
*Fernando Pessoa*
Um Feliz Dia Internacional Da Poesia
Creio Que Existe Em Todos Nos Um
Cantinho De Poetar No Coração.
Mais Esse Dom Não Foi Dado
A Todos.
Um Abraço Carinhoso Pelo
Dia Internacional Do Poeta.
De Um Dia Tão Importante Para Todos Nos.
Tem Um Mimo Na Postagem .
Caso Gostar Foi Feito Com
Muito Carinho.
Beijos e Beijos.
Evanir.

Sandra disse...

Como em tudo , há que saber quando o nosso papel está cumprido. Sair com dignidade pode ser uma forma de saborear o final de um acto.
Beijinho