quinta-feira, março 22, 2012

PARTI

Parti entusiasmado
Fiquei iludido com promessas feitas
Ouro, terras com fartura
Mas ninguém me falou
Dos dias e dias sem avistar terra
Do sol
Sinto-o a queimar-me os lábios e as faces
Sinto-me a enlouquecer com fome e com sede
E o que dizer dos enterros no mar?
Não sei há quantas semanas parti
Nem sei já o que vim descobri
Sei apenas que quis seguir o sonho do Príncipe
Ser Príncipe também



FOTO DE AUTORIA DE NUNO DE SOUSA
(Texto de minha autoria escrito a convite do Nuno e colocado no seu blog
Nuno's Photo Space. Reeditado com alterações)

5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Quantos homens foram e não voltaram? Esses sim, verdadeiros heróis desconhecidos mas a quem se deve as margens dos impérios!
Há que partir entusiasmado...

Nilson Barcelli disse...

Um bom poema para a foto.
Gostei imenso.
Marta, querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijos.

Daniel Costa disse...

Marta

A partida pode ser de entusiasmo e virar desilusão. Ainda que se tenha em conta a imaginação do poeta.
Beijos

Je Vois La Vie en Vert disse...

Chère amie,

Ainda não parti mas não deve faltar muito...

Se puderes dar um saltinho ao meu cantinho verde no dia 31 de Março, ficarás elucidada.

Beijinhos
Verdinha

Sonhadora disse...

Minha querida

Entre partidas e chegadas, fica um tempo que por vezes é o sepúlcro dos sonhos.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora