terça-feira, setembro 25, 2012

VOAR PARA SUL




FOTO DE JOSÉ ALEX GANDUM

Voo para Sul...
Expulsa pela brisa...
Pelo prenúncio das primeiras chuvas...

Não sei porque voo para Sul
Em direcção ao Sol, dizem
Mas o Sol está diferente....

Talvez porque o Mundo está cansado...

Como eu estou cansada
De fazer este longo voo até ao Sul
Até encontrar o Sol,
a única coisa que me separa da chuva e do Vento

Nunca do olhar ferido dos outros.....

6 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Há quem vá para Sul com sentido no Norte! Os pontos cardeais são apenas prenúncios de voos em direcção ao Sol, onde o Vento é o gesto que separa o olhar da brisa...

Daniel Costa disse...

Marta

Quem sabe se é sul, que vamos encontrar o sol, do nosso norte?
Beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

e que o voo se realize sempre....

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Que os nossos voos sejam sempre de encontro ao sol...e no meu caso também ao sul.
Como sempre adoro ler-te.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

CamilaSB disse...

Desencantados e/ou cansados... o voo em direcção ao Sol é imprescindível... sem Sol, não teríamos energia para voar...
Belíssimo poema, Marta!
Um beijinho carinhoso, e, que o Sol nos "oriente" a todos com a sua luz e o seu calor!

LUZ disse...

Olá Marta,

Não tendo comentado quaisquer blogues, por motivos profissionais.
Deixei aviso nos meus dois blogues, todavia, pode não ter "passado" por lá.

Beijinho.
Luz.

E viva o sol e o sul.