sexta-feira, novembro 02, 2012

CORAGEM







FOTO DE JOSÉ ALEX GANDUM




Vá lá,
façam-me a vontade..

Olhem para mim...

Como estou de cabeça erguida
As plumas aprumadas
As patas alinhadas

E, nem medo tenho da chuva....

Porque voltarei a erguer a cabeça
A limpar as penas
A fincar as patas...

Chamem-me orgulhoso...

Eu acho que estou a enfrentar
a vida 
com coragem....



5 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta

Uma ave, como seja um pombo, de tudo o a natureza produz afinal, nos pode servir de exemnplo de coragem.
Beijos

Nilson Barcelli disse...

Os pombos, como as pessoas, também precisam de muita coragem...
Magnífico poema e foto.
Beijo, querida amiga Marta.

Sofá Amarelo disse...

Com a coragem do passar dos dias onde a vontade se confunde com liberdade e o orgulho tão só com cabeça erguida...

Sandra Subtil disse...

Persistir, sempre!
Beijinho, Marta.

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei muito do poema e a foto está espectacular.

um beijo