domingo, março 03, 2013

ORGULHO







Envaidece-me o teu olhar...Tão puro...Tão confiante...
E cometo um pecado mortal....O orgulho...


Tela de William Bouguereu "Dear Bird"

6 comentários:

LUZ disse...

Olá, Marta!

Orgulho, neste sentido, é excelente.

As mães costumam senti-lo.

Beijos da Luz.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Gosto muito das palavras, Marta!!! Com são poderosas as palavras e perigosas também, Orgulho é uma bela palavra e não a considero pecado; e aqui está uma prova do qão perigosas as palavras são. Orgulhos pde ser um " mimo " um alento a uma pessoas desanimada, um afecto. Pode no entanto ser como uma " bofetada " dada em forma de palavra a um ser que precisava de tudo menos de uma " bofetada". Tenho Orgulho de muita coisa e quantas vezes não me senti mimada com essa palavra colocada na boca de outras pessoas? Muitas mesmo!!! Duas frases apenas, Marta, mas de grande reflexão. Um beijinho e fica bem.
Emília

© Piedade Araújo Sol disse...

esse pecado, já nem é....

;)

Sandra Subtil disse...

O meu vai ser avareza! ;-)
Beijinhos

Sofá Amarelo disse...

E o orgulho nunca será pecado quando o olhar é tão puro, tão confiante...

Michelle Trindade disse...

Um dos mais aterradores pecados...
Bjus linda!