terça-feira, janeiro 14, 2014

CARINHOSAS



Não sei
 se, alguma vez,
encontrarei as palavras 
exactas
para explicar
 o medo…

(Pois)
 as palavras,
mesmo que banais,
devem ser febris,
insinuantes…

E, porque não acrescentar? 
.....Carinhosas....




"The Lovers" by Henri Martin

6 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta, imagina só de cor é o medo, para o tentar explicar.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

Nunca há palavras exactas para explicar o medo, porque o medo veste-se de banalidades, de insinuações, de palavras febris, que bem contornadas se podem tornar... carinhosas!

JP disse...

O medo não se explica. Sente-se...as palavras carinhosas são sempre um bom remédio :))

Beijinho

Pérola disse...

Palavras onde a ternura espreita.

beijinhos

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Sobretudo carinhosas... e sim, intensas!

bjo amigo

DIOGO_MAR disse...

A docilidade das palavras são de sobra para afugentar todos os medos.

ABRAÇAÇO


http://diogo-mar.blogspot.com/