quinta-feira, janeiro 16, 2014

TENHO UM NOME




"ZAC AND GEORGINA" BY ANNE GEDDES


Tenho um NOME

O Mundo esquece-o
quando nos massacra,
muitas vezes,
em nome do nada…

E, desse nada,
temos que reconstruir
o tudo…

Por isso, grito:
TENHO UM NOME,
não o esqueças
tu também…..

7 comentários:

JP disse...

Todos temos um nome...mesmo que se chame "Ninguém"!

Beijinho

Daniel Costa disse...

Como Alguém cantou: "MEU NOME É NINGUEM". Para nós vale, mas é um entre muitos.

Beijos

Sofá Amarelo disse...

Ter um nome é o ponto de partida para reconstruir tudo a partir do nada, se for preciso. Ter um nome é um ponto de partida para poder... gritar!

Mar Arável disse...

Deram-nos um nome

não somos números

Bjs

Nilson Barcelli disse...

Os outros devem preservar a nossa individualidade.
Que todos temos.
Belo poema.
Marta, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Graça Pires disse...

Era bom que ninguém esquecesse que todos têm um nome. Bonita chamada de atenção.Um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

pois não!

já não temos nome, somos apenas um numero num ficheiro.

:(