sexta-feira, março 21, 2014

HORAS MENORES

Foto de José Alex Gandum
Se pudesse,
abriria as portas ao mar
e deixá-lo-ia seduzir-me…

Amá-lo-ia como a areia o ama
Sem desilusões, sem traições
Sem horas roubadas à vida….

Uma vida cheia de labirintos
e de horas menores….

5 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

querer é poder, nem que seja na nossa imaginação....

:)

Daniel Costa disse...

Marta, olha que os labirintos, sevem para tornar tudo mais demorado, por vezes gostoso.
Beijos

Manuel Luis disse...

O mar tanto dá como leva.
Bj

Nilson Barcelli disse...

O mar e a areia são namorados eternos...
Belo poema. Gostei muito, como sempre.
Marta, tem um bfs.
Beijo.

Sofá Amarelo disse...

Sempre que pode o mar invade os sentidos e entra pelas portas entreabertas, ignorando os labirintos e as horas menores... quando o mar é sedução!