terça-feira, agosto 05, 2014

SEM RAIVA






DE NICHOLAS ST JOHN ROSSE

Hoje é um dia de Sol...
Um Sol quente,
 intenso...
Mas eu estou na Lua
Embrulhada em silêncios
Perdida em momentos,
em que apenas
 se escuta a alma...
Sem raiva ou ressentimentos...

6 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

a serenidade na alma do Poeta(sempre tão desassossegado)

:)

Daniel Costa disse...

Marta

Em temas de amor, nunca devem haver raivas ou ressentimentos, mas sim consensos,
Beijos

Agostinho disse...

Estar na lua em dormência de luz coada traz esperanças ao acordar do sol.

Sofá Amarelo disse...

É importante estar 'embrulhado em silêncios' pois só assim se consegue 'escutar a alma' sem 'raivas nem ressentimentos'... ao Sol quente ou apenas aos raios suaves da Lua...

Graça Pires disse...

Há momentos assim, Marta. Só o silêncio entrando pelos sonhos nos deixa no olhar a cor da lua...
Um beijo.

Cadinho RoCo disse...

Estar na intimidade da alma nos faz exercitar a sensibilidade.
Cadinho RoCo