quinta-feira, novembro 06, 2014

BEIJO



Acordo
De um sonho mágico,
repleto de memórias felizes...

Reescrevi a história da Gata Borralheira:
bani a Madrasta Má e as Irmãs Maldosas
para o Inferno...

E o Príncipe?
O Príncipe...
Beijei-o apaixonadamente...



TELA DA PÁGINA “DISCOVER ART”

6 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta

O príncipe foi tão encantador, que dele só se pode gostar.
Da madrasta e das filhas, ficou esclarecido, que eram invejosas e más.
Beijos

Agostinho disse...


Podemos, sim, ser felizes
basta reescrever os dias
com a sorte de príncipe
onde o amor participe
em tudo aquilo que dizes...

Sofá Amarelo disse...

Nos sonhos mágicos tudo é possível de acontecer, e todas as histórias se podem reescrever... e algumas precisam mesmo de ser reescritas, reavivando as memórias felizes e multiplicando os sonhos mágicos...

Nilson Barcelli disse...

Há príncipes de sorte...
Belo poema, como sempre.
Gostei imenso.
Tem um bom fim de semana, querida amiga Marta.
Beijo.

Graça Pires disse...

Sempre me apeteceu reinventar as histórias que nos contavam em criança. Esta foi boa, Marta.
Um beijo.

Pérola disse...

Nada como recontar histórias bem do jeito que nos agradam.

Rendi-me.

Beijinhos