segunda-feira, agosto 03, 2015

FANTÁSTICA



Escrevo
Sobre serpentes marítimas,
e poções malcheirosas...
E sobre uma bruxa malvada,
sem a qual não haverá história...
Uma história fantástica,
em que nada é o que é...
Porque a verdadeira história
não é a que se pinta nestas palavras,
mas a que se vive quando se lê...



FOTO DE JOSÉ ALEX GANDUM

4 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta, aa estórias referem mais vezes bruxas malvadas, foi bom recordares, em poesia as serpentes marinhas.
Beijos

Agostinho disse...

Quando serpentes as linhas
vazias de preto e azul
e da tinta resta um ardor
que cega os olhos à noite
cada um vive aquilo que vê
cada um vê aquilo que vive:
escreve o que vê e vive

Sofá Amarelo disse...

É na leitura das palavras que estão as histórias verdadeiras, sejam elas pintadas com bruxas malvadas ou serpentes marinhas...

Mar Arável disse...

Tantas são as verdades improváveis