terça-feira, março 15, 2016

ÁVIDO



O que posso eu dizer em minha defesa?
Se tudo o que sinto
se escreve no meu olhar...
E o meu corpo prende-te
Afaga-te, abraça-te...
Exigente, ávido de ti...



Da página "Discover Art"

5 comentários:

mム尺goん disse...




.....na pele do silêncio as palavras se encharcam.


abç

Mar Arável disse...

Tudo quase se conquista

Mariangela do lago vieira disse...

Dizemos muito mais com o olhar,
que palavras tornam-se indispensáveis.
Muito verdadeiro.
Beijos, uma boa tarde!
Mariangela

© Piedade Araújo Sol disse...

o olhar diz tudo (ou quase)
poema muito belo e sensual.
beijo
:)

Jaime Portela disse...

Os olhos nunca mentem...
Excelente poema, gostei imenso.
Continuação de boa semana, minha querida amiga Marta.
Beijo.