segunda-feira, junho 06, 2016

ANJO OU DEMÓNIO



Sou uma estrela cadente
Vida ou morte,
anjo ou demónio...
Quem sabe o que escrevo
no risco que faço na noite...
Mas não me peças nada...
Pois se nem os meus desejos escuto,
como posso realizar os teus?



DA PÁGINA "DISCOVER ART"

4 comentários:

mム尺goん disse...



[ sua maneira
de evitar as
infiltrações...]


abç

Daniel Costa disse...

Marta
Nada será ridículo, quando se trata de poesia, se virmos bem ela é uma forma literária diferente, verdade seja dita, mas tudo pode ser interpretado.
Bjs

Sofá Amarelo disse...

Há desejos e desejos... uns realizáveis outros nem tanto... mas o importante é ser estrela cadente e saber-se o que se escreve...

© Piedade Araújo Sol disse...

há desejos só nossos...

:)