sábado, setembro 24, 2016

O COMEÇO DE TUDO



Faço um círculo perfeito
com o polegar e o indicador...
A letra “O”... de oráculo
O “Zero” … de nada
O começo de tudo ou o fim do nada...
Não sei porque fiz o círculo,
mas qualquer coisa me diz
que é o começo de tudo...




DE MARK ARIAN

5 comentários:

oteudoceolhar disse...

...curioso ainda á pouco no café, num daqueles guardanapos finos (juntei dois), rabisquei palavras, em nada semelhantes mas em tudo parecidas...mas as minhas findam...não levam ao começo de nada...
Beijo n´oteudoceolhar*

Emília Pinto disse...

Pode não ser " o começo de tudo" mas é de certeza um novo começo, pois a a cada dia há sempre um começar de novo. Nem sempre nos agrada, mas..há que esperar ; o outro, se o tivermos será melhor. Beijinhos, Marta e um bom fim de semana
Emilia

Sofá Amarelo disse...

A infinidade do começo pode confundir-se também com o remate do final... é tudo tão subjectivo, o que pode ser o começo ou recomeço para alguns pode ser o fim para outros... no entanto, o círculo perfeito é só por si um símbolo da própria perfeição...

Graça Pires disse...

Desenhar um círculo. Não saber onde começa e acaba a passagem do tempo.
Pode ser o começo de tudo, sim Marta.
Uma pérola, o poema.
Boa semana.
Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

gosto do círculo como começo do tudo...

(uma ligeira diferença do começo de tudo)

bela inspiração...

boa semana.

beijinhos

:)