quinta-feira, novembro 10, 2016

CAMINHO






DA PÁGINA DISCOVER ART

Não sei
Que histórias sobre a noite
há ainda para contar
Uma noite longa e assustadiça...
Em que se pode amaldiçoar tudo
Ou simplesmente fechar os olhos
E desvendar um novo caminho...

5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Costumo dizer que a noite é a verdade, pois é de noite que as coisas importantes da Vida se revelam e que as sensações são mais fortes... é de noite que se fazem juras... mesmo que na manhã seguinte se amaldiçoem...

Jaime Portela disse...

E, mesmo de noite, o caminho faz-se caminhando...
Magnífico poema, como sempre.
Tem um bom fim de semana, querida amiga Marta.
Beijo.

Ailime disse...

Boa tarde Marta,
Lindo, muito lindo este poema.
À noite a luz torna-se mais clara.
Beijinhos e bom fim de semana.
Ailime

Graça Pires disse...

É bom, Marta, ir pela noite, à procura da madrugada...
Uma boa semana.
Beijos.

Agostinho disse...

Há noites que passam a correr e acabam ao romper d'alva. E a Marta sabe-o bem.
Dorme meu menino(a)!

Bj.