sexta-feira, janeiro 20, 2017

HORIZONTE



Liberto-me de ti...
Deito-me no silêncio da chuva
Escondo-me no sussurro do Vento
E espero...
E espero que no horizonte despontem
novamente as cores do arco-íris....



SUNSET KISS  CORINA COSTRAS

5 comentários:

Ailime disse...

Boa noite Marta,
Um poema magnífico.
A esperança será o motor que ajudará a descobrir muitos arcos-íris no horizonte!
Beijinhos e boa semana.
Ailime

Emília Pinto disse...

E essas cores aparecerão, de certeza; é só saber esperar. Cada dia é diferente e em cada um deles há uma cor, em geral pintada por nós. Lindo, Marta. Um beijinho
Emilia

Graça Pires disse...

A libertação é sempre um recomeço. Com novas cores. Com novos sonhos.
Lindo, Marta!
Uma boa semana.
Beijos.

Sofá Amarelo disse...

E o arco-íris voltará... sempre... não só com as sete cores habituais mas todas as outras mesclas que brincam com o silêncio da chuva ou com o sussurro do vento...

© Piedade Araújo Sol disse...

e o arco íris traz a libertação e com ele novas cores (para a vida).
beijinhos
:)