terça-feira, agosto 01, 2017

GUERRA DA NOITE





Diz-me
Porque me declara guerra a Noite?
Porque me arrasta pela lama,
apressada, violenta?
Porque não me olha ela nos olhos
e não me explica o porquê?





DE CRISTOFFER RELANDER

8 comentários:

Rita Norte disse...

Acredito que tudo tem uma razão de ser, mas por vezes só muito tempo depois descobrimos qual é. Podemos não saber o porquê, mas temos de acreditar que é para nosso bem.
Gostei muito de como a imagem se entrelaça com as palavras.
Beijinho

Daniel Costa disse...

Marta
A noite sempre será misteriosa, mesmo que dela gostemos, sempre temos de tentar desvendá-los.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

A Noite só por si é violenta... porque é escura, esconde os demónios e não deixa olhar os olhos, confundindo até as explicações mais plausíveis...

Graça Pires disse...

A noite continua a ser um lugar de sobrevivência, onde questionamos as nossas solidões, as nossas emoções.
Muito belo, Marta.
Um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

porque a noite é misteriosa e encerra seus mistérios insondáveis
e por vezes a noite é apenas um manto de insónia e nós
beijinhos
:)

lua singular disse...

A vida é como um girassol, ele ama o Sol e nem liga pra nós.
Cada um é só nessa vida e que ninguém diga que estou errada
Quando a morte chega uma mão cai e outra melhor trás a felicidade.
Com certeza...
Amei
Beijos
Lua Singular

Jaime Portela disse...

A noite tanto pode ser leal como traiçoeira.
E não há duas noites iguais...
Belas palavras, gostei.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
E boas férias, se for o caso.
Beijo.

Agostinho disse...

Entre sombra e luz haverá caminhos a evitar, na noite que sobrar.
Por quê?

Bjs.