domingo, outubro 22, 2017

CULPA



Estou zangada com o Mundo…
Sinto-me frustrada, doente, só…
Não o entendo… nem ele me entende…
E não sei de quem é a culpa...



"FEATHERWEIGHT" DA PÁGINA DISCOVER ART

7 comentários:

Graça Pires disse...

Pois é Marta. A poesia é a melancolia imensa de viver. E disso ninguém tem culpa...
Uma boa semana.
Um beijo.

Sofá Amarelo disse...

Quando se está zangado com o Mundo nunca, mas nunca, se sabe de quem é a culpa, porque se juntam uma série de "forças cósmicas" que nos frustra...

Franziska disse...

Ante el hecho de que no podemos cambiar nada, debemos tratar de buscar el lado bueno porque no hay situación tan mala que no tenga una parte positiva, así es la vida, eso es vivir. Un abrazo. Franziska

Franziska disse...

Es la teoría del vaso medio vacío o medio lleno. Lo único que cambiq la realidad es la forma de verla. Perdona la reiteración. Besos. Franziska

baili disse...

great emotions ,yet sad !

life is complex and relationships are too entangled with mixed emotions.

what can save the day is only LOVE and UNDERSTANDING, faith and loyalty

© Piedade Araújo Sol disse...

acho que não culpas
nem culpados

e a vida ... (dizem)

:)

Agostinho disse...

A culpa é uma brasa
que nos apaga!
Apaga-nos o horizonte.
A cul...
...pa reduz-nos a cinza,
diz-se, à eterna paz.



Bj