quarta-feira, outubro 25, 2017

TUMULTO


Posso até acreditar
que os raios de luar
beijam o mar…


Posso até pensar,
nesses dias sombrios,
em que procuro acalmar
o tumulto dos meus pensamentos,
que o mar me beija também…


E, depois…
Tudo o que penso e sinto,
escondo-o num sorriso...




"GLASS STUDY 2" STEPHAN EARLY

7 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

e há coisas que o sorriso diz
e esconde

:)

Eu herético disse...

um sorriso maroto rss

gostei, de verdade!

beijo

Manuel Veiga

Jaime Portela disse...

Mas um sorriso diz sempre muito... ainda que escondido...
Belo poema, gostei muito.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
Beijo.

Franziska disse...

¿Quién sabe cuçantos misterios hay tras de una sonrisa? Fue un placer. Besos. Franziska

Mar Arável disse...

Tantos são os silêncios

Sofá Amarelo disse...

E quantas vezes fazemos dessas atitudes a "rotina" dos dias... quantos tumultos se escondem e disfarçam com sorrisos? Muitos...

Agostinho disse...

As percepções são insondáveis!?
Não é um sorriso que é...
A não ser que o actor se apresente
inteiro, verso e reverso. Represente
a peça completa do "ser ou não ser".

Bj.