sexta-feira, janeiro 14, 2005

PROFUNDO

Doces ilusões sobre o amor!
Doces sonhos!
Mas mente quem diz que nunca sonhou com um amor assim!
Profundo!
Em que desejamos ser cavaleiros andantes
para que todos saibam como amamos!
Que usamos o amor como troféu!
Como resposta a tudo!
Mas... o pior de tudo é o mas!

Sem comentários: