sexta-feira, fevereiro 18, 2005

NADA A DIZER

SE EU FOSSE APENAS

Se eu fosse apenas uma rosa
Com que prazer me desfolhava
Já que a vida é tão dolorosa
E não te sei dizer mais nada
CECÍLIA MEIRELES

Infelizmente, não somos rosas, não duramos apenas um momento; duramos muito mais e é por isso, que a vida se torna dolorosa!
Às vezes, vivemos mais do que devemos e tornamo-nos um "fardo", a quem, por vezes, ninguém liga!
Por isso, realmente não há mais nada a dizer!

1 comentário:

Carmem L Vilanova disse...

Marta amiga!
Creio que te equivocas ao dizer que muitas vezes nos tornamos um fardo, cuja perda ninguém liga! Sim, muitas pessoas ligam, pessoas que muitas vezes julgamos que pouco se importam com nossa presença em suas vidas, mas para quem de fato, faríamos imensa falta, caso deixássemos de ser, de existir... Pensa nisso, querida amiga! E se aceitas mais uma palavra amiga, nao encares a vida como algo doloroso... Meu avô sempre dizia que "a vida é bela, mentira de quem diz que ela nao presta" e sabes? Ele tinha razao... A vida é feita de pequenas coisinhas, acontecimentos tao simples às vezes, que enchem nossa vida de alegria infinita... Um passarinho que canta ao amanhecer, um esquilo que corre a esconder sua comida à espera do inverno, uma criança que balbucia por primeira vez "mama" ou "papa", uma flor que desabrocha em nosso jardim, um ombro amigo em um momento de angústia, o simples nascer do sol e de mais um dia... É absolutamente fantástico... O que faz a vida ser bela, é a forma de encará-la... Se cuidas em sorrí-la sempre, dificilmente ela nao te sorrirá de volta, compreendes?
Muitos beijos carinhos, querida amiga!
Também fico feliz quando me escreves... Muito obrigada!
Um lindo final de fim de semana para ti! E tomara que teu candidato a presidência seja o vencedor... já me dirás! :)