sábado, janeiro 26, 2008

ACREDITAR

Ave da Esperança


Passo a noite a sonhar o amanhecer.


Sou a ave da esperança.


Pássaro triste que na luz do sol


Aquece as alegrias do futuro,


O tempo que há-de vir sem este muro


De silêncio e negrura


A cercá-lo de medo e de espessura


Maciça e tumular;


O tempo que há-de vir - esse desejo


Com asas, primavera e liberdade;


Tempo que ninguém há-de


Corromper


Com palavras de amor, que são a morte


Antes de se morrer.·


Miguel Torga

O meu comentário???
Porque morrer quando o sol brilha???
Quando o pássaro voa...escrevendo uma história na brisa....
Essas palavras de amor sussurradas, desejadas.....
Sentidas, vividas.....
Nunca se morre....
nos dias e nas noites em que existe o Amor..........
Porque isso é a verdadeira Esperança....acreditar...
Que o Amor existe....................

4 comentários:

Sol da meia noite disse...

Que nunca nada nem ninguém nos tire o acreditar...
Morreríamos... e tantas são as maneiras de morrer, de sentirmos a vida a fugir de nós...

Beijinhos

tufa tau disse...

se o amor existe? sei que sim
anda por vezes perdido na calçada
gostava de o ter também para mim
e amá-lo tanto só de ser amada

O Profeta disse...

O amor está em cada furtivo pensamento....


Doce beijo

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

a esperança é mesmo a ultima a morrer . hje deixo um poem dedicado há força das mulheres :) espero por ti

++▄██▄+++▄██████▄+++▄██▄+++
+██████+██████████+██████+
+████████████████████████+
+███████ para ti ██████+++
++██████████████████████++
+++████████████████████+++
+++++████████████████++++++
+++++++████████████++++++++
++++++++++++██++++++++++++++
++▄███▄+++++██+++++▄███▄+++
+███████++++██++++███████++
++███████+++██+++███████+++
++++██████++██++██████+++++
++++++█████+██+████++++++++
*Hoje eu mandei um anjo te vigiar,
Mas ele Voltou Rapidinho.
e Eu Perguntei o que tinha Acontecido
Foi então Que ele me Falou:
“que um anjo não pode vigiar outro“

Bjinhos...
carla granja