segunda-feira, maio 19, 2008

MARAVILHA

Procura a maravilha.



Onde um beijo sabe

a barcos e bruma.



No brilho redondo

e jovem dos joelhos.



Na noite inclinada

de melancolia.



Procura.



Procura a maravilha.



Eugénio de Andrade

O meu comentário???
Às vezes, tão perto....
Há quem duvide....
Duvidar do quê???
Dúvidas...haverá sempre....
Sentar-se numa cadeira....
estender-se no chão....
Tentar fotografar o sol...
ou receber o seu beijo...
A maravilha de estar vivo...
Procurar a luz...encontrar a luz....
Mesmo na melancolia..............

4 comentários:

RENARD disse...

Bom dia Marta:

Desculpa a demora a responder mas estive em Lisboa e não tinha acesso a Internet.

É verdade. É exactamente ultrapassar os desafios que nos magoam a alma que faz de nós pessoas mais fortes e preparadas para a vida.

No entanto a dor de cada um é sua e incomensurável. Por vezes necessitamos duma mão amiga que nos levante do canto escuro onde nos sentanamos a contemplar o nada. Pensei tê-la encontrado mas estava enganada. Agora tenho de baralhar novamente as cartas e voltar a dar mas é algo moroso e que tira muito de mim. Mas, mais uma vez, conseguirei...

Um grande beijo

RENARD disse...

Chá e scones... Well of course my dear. At five o'clock as usual...

Que expressão tão anglo-saxónica. É um hábito que ainda continua em casa da minha avó materna. A ideia é a mesma contudo o chá é café e os scones outro qualquer bolo...

Também é gémeos e de Maio! Eu nasci a 22 de Maio e a minha mãe a 24... Obviamente ela nasceu primeiro... lol... Nesta altura a Marta diz: duh!

Beijinho grande!

Pedro M disse...

Está ali ao nosso lado... maravilhosa...

Um beijo

Sol da meia noite disse...

A vida é a eterna procura...
Talvez esteja aí o verdadeiro sentido...

Beijos