terça-feira, abril 13, 2010

FEBRE


A vida ou é paixão ou não interessa

tudo o mais é somente imitação

e, por mais voltas que dês à cabeça,

não acharás outra razão

que dê sentido a esta caminhada

de aparente rumo ao nada.



Apenas a paixão sabe explicar

o que não tem qualquer explicação:

esta urgência em se dar

sem supor compensação



"Paixão" de Torquato da Luz



O meu comentário???

É fácil falar da paixão....

Que, afinal até tem rumo....

O abraço infinito,

a troca de carícias e promessas...

Se deve ser violenta??

É sempre violenta -

liberta os sentidos escondidos...

Provoca o tempo e o desejo....

Mesmo que não dê explicações,

podendo mesmo diluir-se nos anos....

A febre continua presente....

à espera de nova descoberta...


7 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta

O poeta Torcato da Luz, que não conhecia e voltas a apresentar, volta a surpreender pela positiva. Quem já não surpreende na réplica és tu, duma maneira geral sais-te bem. Só há a sujeição de melhor ou menos conseguida, numa apreciação, como sempre será aleatória definidora do gosto pessoal.
Beijos
Daniel

betencourt disse...

Minha querida:
É sempre muito dificil falar de paixão
Quem sou eu para dar conselhos!!!
Mas a paixão é um estado de alma arrebatador, muito bonito e muito forte, mas é sempre um estado de alma passageira
Importante é o amor, o amor pela pessoa e por aquilo que ela é.
Temos que viver com os pés bem assentes no chão.
Querida procura o amor
e sê F E L I Z
Brijinho doce para si

MCampos disse...

Torquato Luz define a paixão, numa "urgência em se dar, sem supor compensação", e a Marta, como já nos habituou nestes seus comentários, conclui de uma forma magnífica "A febre continua presente... à espera de nova descoberta...". Gostei muito.

Um abraço.

Sofá Amarelo disse...

Só a paixão sabe desenhar caminhos de contornos bem definidos mesmo que esses caminhos rumem ao nada. Só faz sentido passar pela vida com... paixão!

Graça Pires disse...

O tempo das paixões: esquivo, inconstante... mas tão precioso...
Um beijo.

Á flor da pele disse...

A paixão pode ser apenas uma vertente de algo maior... o o trilho que a algo maior nos leva.Seja como for, a febre é sempre intensa...
Fica um beijo

Helena Paixão disse...

Bem, não posso deixar de comentar um post sobre o meu apelido, hehehe

Para mim a Paixão é mais abrangente que a atracção física, que o amor assolapado, é a força com que te entregas a algo que te desperta os sentidos, que te faz sentir viva. Por exemplo, a fotografia para mim é uma das paixões da minha vida, uma das paixões que a tornam interessante.

Beijinhos e um sorriso