domingo, julho 18, 2010

ACREDITAR NO HOJE

Tudo na vida está em esquecer o dia que passa.
Não importa que hoje seja qualquer coisa triste,
um cedro, areia, raízes,
ou asa de anjo,
caido num paul.
O navio que passou além da barra
já não lembra a barra.
Tu o olhas nasa estranhas águas que ele há-de sulcar
e nas estranhas gentes que o esperam em estranhos
[portos.
Hoje corre-te um rio dos olhos
e dos olhos arrancas limos e morcegos.
Ah, mas a tua vitória está em saber que não é hoje
[o fim
e que há certezas firmes e belas,
que nem olhos vesgos
podem negar.
Hoje é o dia de amanhã.
Fernando Namora in "Mar de Sargaços"
O meu comentário???
O amanhã pode mudar tudo.
A manhã pode abrir com um Sol brilhante
que faz doer os olhos.
A noite pode ser uma tempestade, um pesadelo
que nada ou ninguém dissipará..
Nem vale a pena chorar...
Porque está lá
e lamentar o que poderia ter sido....
Oh, Deus, é agradecer que hoje não é o fim.
É agarrar o que se tem neste momento, hoje
e fazer com que o amanhã exista...
Porque, se não se acredita no hoje,
amanhã podemos não estar cá.

4 comentários:

VALVESTA disse...

Esta é o tempo, de ser feliz, de amar e acreditar que tudo pode ser melhor, e o barco que se foi, foi, passou... não quero ficar a ver navios, quero embarcar nele. bjos e linda semana.

Sofá Amarelo disse...

O amanhã é a extensão do hoje, é preciso que tudo seja uma sequência de emoções e de certezas firmes e belas... o amanhã é sinónimo de que tudo pode acontecer pois não há limites para ... querer Viver!

Graça Pires disse...

Fernando Namora, tão esquecido. Foi bom encontrá-lo aqui com este maravilhoso poema, tão bem comentado por ti. "O amanhã pode mudar tudo" Oxalá!
Um beijo.

█► JOTA ENE ◄█ disse...

ººº
Lembra-te que considerando o mundo como ele é, um dia feliz é quase um milagre...

Bjooo