segunda-feira, julho 04, 2011

POEMA

Agarrei no ar...

Agarrei no ar um véu
esmaecido de azul,
igual ao azul do céu
iluminado pela lua.


Eu passo a vida a sonhar
iluminado pela lua.

                  Ruy Cinatti

O meu comentário????
Quem não gosta de sonhar???
Ou de escrever à luz da lua,
um poema de amor?
Sem dizer mais nada....
Porque um poema de amor é isso.....
Mesmo que fique apenas escrito no coração...





5 comentários:

| A.Luiz.D | disse...

Todos queremos tocar o céu,
dormir nas nunvens,
convidar a lua, o sol...
As alturas nos faz criança,
no colo daquele abraço..

Paixão Lima disse...

Só sonha quem tem espírito,
Só ama quem tem a capacidade de sonhar.
Acredito que na voz do vento possa ouvir a voz do meu amor,
Como na chuva que cai possa sentir as lágrimas da mulher que amo.
É tudo uma questão de sonhar...e de sentir...

LOURO disse...

Olá Marta!
Não á vida,sem amor,porque ela é a mola real da vida!!!

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Machado de Carlos disse...

Penso na Eternidade do amor. O amor, em si mesmo é absoluto!

Um abraço!

argumentonio disse...

se escrito no coração, escrito no no coração do mundo!

o amor antecede a linguagem, a escrita e mesmo o coração!!

e é uma bela partilha a ideia de escrever um poema de amor no coração: há lá melhor?

;_)))