quarta-feira, janeiro 22, 2014

O PORQUÊ



“Following a dream” by Gary Hart
 
 
Pudesse eu dizer
o porquê das palavras,
de repente,
envelhecerem em mim….
 

6 comentários:

Daniel Costa disse...

Porquê Marta?
Se a vida sempre tem porquês, que a poesia mais pode acentuar.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

É sempre difícil perceber o porquê das palavras, envelheçam ou não de repente em nós! Mas há que acreditar sempre que no porquê das coisas...

Graça Pires disse...

Não envelheceram, Marta. Voaram, mas voltam. Porquê? Não interessa.
Beijo.

Secreta disse...

Elas vão rejuvenescer!
Beijinho.

Mar Arável disse...

Não há morte
nem princípio

tudo se move

Pérola disse...

Temos sempre de perguntar...

beijos