sexta-feira, fevereiro 14, 2014

NUM CASTELO





De Bryce Cameron Lisbon (Discover Art)


Hoje,
nada é fácil
Aprisiono as palavras 
num castelo
 Distante do Mundo...
Esquecido em mim....
 À espera de um final feliz
Que amordace o tempo
E dê voz ao silêncio...

 

6 comentários:

Daniel Costa disse...

Marta, creio que o silêncio é o teu forte. Na verdade, se repararmos bem, o silêncio é poético.
Beijos

Nilson Barcelli disse...

Essas palavras ainda vão ser libertadas desse castelo por algum cavaleiro valoroso...
Belo poema, gostei.
Marta, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

As palavras devem ser libertadas para poderem voar livres e soltas ao encontro de quem as leia. Lindo sempre.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Ailime disse...

Boa noite Marta, outro belíssimo poema! E a esperança a espreitar..;))! Beijinhos Ailime

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Wow... Isto está LINDO!

grande beijinho

Uma estrela errante disse...

Maravilho poema, momento de espera e reflexao.Abraço