quarta-feira, abril 29, 2015

FANTÁSTICA



Continuo
a ter muitas histórias para contar...
Não tenho, é, às vezes,
palavras para as dizer...
Palavras que ilustrem verdadeiramente
o que soa aqui...
Na mente, no coração...
Numa viagem fantástica que me leva
muito além da linha do horizonte...



TELA DE JOSEPHINE WALL

6 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

as palavras vão e vem, tu saberás sempre as usar, por isso, elas nunca te vão faltar.

muito belo!

:)

Ailime disse...

Lindo poema, Marta!
A poesia fala por si!
Um beijinho.
Ailime

Daniel Costa disse...

Marta, na verdade, a tua mente é a de uma verdadeira poetisa, que até nas ilustrações encontramos verdadeira poesia.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

É bom ter muitas histórias para contar pois é da memória que se fazem as palavras, e quando elas ilustram verdadeiramente o que vai na mente e no coração, então as palavras são sinónimo de uma viagem fantástica...

Agostinho disse...

Que importam as palavras
se as cores
borbulham no olhar
e afinal emergem delas
as que vemos
as palavras que queremos.

Carmem Grinheiro disse...

Palavras são como ondas do mar: vão e vêm, muitas vezes sem o nosso comando.
Mas estas palavras que nos trouxe, Marta, são tão lindas ;)

bj amg