quinta-feira, abril 12, 2007

GRITAR DE PAIXÃO

Eu regressarei ao poema como à pátria à casa
Como à antiga infância que perdi por descuido
Para buscar obstinada a substância de tudo
E gritar de paixão só mil luzes acesas
Regressarei de Sophia de Mello Breyner Andresen

O meu comentário??
Tantas vezes que regressamos....
Podemos fugir de tudo, menos da verdade que cá dentro há.........
A razão escapa-nos, por vezes,
mas buscá-la representa sempre um desafio.......
Sonhar que conseguimos.......
Mesmo que os pessimistas digam que o sucesso é pura ilusão....
Alguma coisa se conseguirá.......
Nem que seja....
só gritar de paixão.................

7 comentários:

Maria e Jorge disse...

"Podemos fugir de tudo, menos da verdade que cá dentro há........."


Gostei imenso de por aqui passar, voltarei

Beijinho
Maria

rosa maria disse...

Gosto e partilho do teu comentário:)

PEDRO disse...

Marta,

Não podemos e nem devemos fugir.

Parece-me ilustrativa Marta! De um momento na vida, um momento a que não podemos fugir.




Até amanhã, até já, até logo.

Anita disse...

Olá bom dia. Vim conhecer o seu cantinho e gostei do que li. Um óptimo fim de semana.
Fique bem. Fique com Deus.
Beijinhos em nuvens de algodão doce,
Anita (www.amorfraternal.blogspot.com)

A vida da pipoka disse...

gostaria qe passases no meu blog
www.avidapipoca.blogspot.com - e comentases o primeiro post mais recente!
obgr

Entre linhas disse...

Não devemos fugir de nada,é evitar o inevitável...

Bom fim de semana amiga

Bjs Zita

Alexandre disse...

Tentamos sempre regressar a algum lado, nem que seja à infância... mas os caminhos são tortuosos pois por vezes nem infância se teve para poder a ela regressar.

Beijinhos e bom fim-de-semana!