quinta-feira, setembro 20, 2007

ESCREVER SOBRE AMOR

Este é o poema do amor.
O poema que o poeta propositadamente escreveu
só para falar de amor,
de amor,
de amor,
de amor,
para repetir muitas vezes amor,
amor,
amor,
amor.
Para que um dia, quando o Cérebro Electrónico
contar as palavras que o poeta escreveu,
tantos que,
tantos se,
tantos lhe,
tantos tu,
tantos ela,
tantos eu,
conclua que a palavra que o poeta mais vezes escreveu
foi amor,
amor,
amor.
Este é o poema do amor.
António Gedeão - Poema de Amor
O meu comentário??
Quem não gosta de falar,
sentir ou escrever sobre o amor?
Sentir-se um gigante...
Escrever na areia...
Escrever no ar...
Escrever no pó das estrelas....
No vento, na lua....
Na espuma ao mergulhar no mar....
Também estou a escrever a palavra amor
....amor...amor...amor....
Quantas vezes?
Estas e as escritas mentalmente................

6 comentários:

JOSÉ NEVES disse...

E como é maravilhoso sentir o amor... Excelentes as suas palavras, parabéns.

Sol da meia noite disse...

Marta, para se escrever amor, basta amar...

Porque quem ama, mais que escrever, tatua...

E venha o que vier, venha quem vier... não apaga.

Muitos beijinhos!

Thunder disse...

O amor é o tema mais belo- na minha opinião- para se esvrever/ler!
Bjs.

multiolhares disse...

que a escrevas
e a vivas intensamente

beijos
luna

Sahmany disse...

Ah o amor (suspiro)rsrsrs
sorte de quem consegue descrevê-lo.
Eu só consigo sentí-lo.
Abraço pra vc.

Rui Caetano disse...

Se escrevermos o nosso amor no pó das estrelas, esse amor nunca se extinguirá. Aí encontraremos sempre uma réstia do nosso imaginário, e uma imagem pura, original do nosso grande amor.