segunda-feira, setembro 29, 2008

DIÁRIO SECRETO

Rejeição (excerto do poema)


Mais este longo dia ausente,

Que nos apaga o nosso viver.

A noite chega-me diferente,

Abraça-me sem eu a querer.


José Miguel Costa (Livro "Náufrago na enseada do destino")


O meu comentário???


A noite é sempre diferente...


Porque a sentimos...


Ou como inimiga


.........ou como cúmplice....


Porque estamos frágeis, cheio de dúvidas....


Porque estamos a amar e sabemos que nos protege....


Porque nos esbofeteia...


Ou nos dá um beijo profundo....


A noite é sempre diferente....


É o diário secreto....

5 comentários:

Sol da meia noite disse...

A noite é sedutora... chega e envolve-nos...
Suas sombras escondem os segredos que sua ténue luz revela...
É o tempo e o lugar dos reflexos, da magia...

Beijinho *
:-)

daniel disse...

Marta

Ao "Diário Secreto", de Miguel Costa, cofesso que gostei do teu comentário. De facto apresentas uma visão realista do pulsar da noite, na faceta do sentido que podemos dar ao pensamento, até ao sentimento do prazer do próprio do amor.
Beijo,
Daniel

Só Eu disse...

A noite é sempre diferente...É o diário secreto...
Neste diário escrevo todos os dias...
Marta. Esgotas-me as palavras...
Vou ficar assim, calado, a usufruir das tuas belissimas escolhas.
Sobre o comentário acho que já destes fé que sem eles os poemas parecem mais curtos...
Beijinhos

Carla disse...

...é sim, o diário do meu dia, a alcofa dos meus sonhos
beijos

tufa tau disse...

engraçado, marta, que ainda hoje pensei no valor da noite e o teu comentário vai de encontro ao meu pensamento... ou vice-versa.

"Porque a sentimos...
Ou como inimiga
ou como cúmplice..."

Um beijo grande